O Onipotente sem Poder

10 09 2008

 

Quantas vezes nos deparamos com situações aparentemente impossíveis de se realizar? Talvez chegar a tempo em um determinado local quando há aquele engarrafamento quilométrico à sua frente. Ou então fazer com que colha-se dinheiro em árvore para que as contas sejam pagas. Impossíveis! Bom, entretanto, antes de continuarmos esta discussão é necessário definirmos o que é impossibilidade.

A palavra impossível é definida da seguinte maneira pelo dicionário Houaiss: Que não se coaduna com a realidade, que se opõe à razão e ao bom senso; que é destituído de sentido, de racionalidade; extravagante, esquisito, absurdo. Entretanto, podemos por meio da razão detectar certos acontecimentos que fogem à compreensão intuitiva da racionalidade, a estes fenômenos chamamos ‘milagres’ (tratarei a respeito deles em outra ocasião).

Sabemos que Deus é capaz de realizar diversos milagres. Podemos ver o milagre da ressurreição de Cristo, para o qual temos até mesmo provas históricas. O milagre da criação deste planeta (ou você vai me dizer que uma explosão, a qual por si mesma deveria ser um milagre, pois foge à racionalidade intuitiva, originou sozinha todo o universo?). O milagre da transformação do caráter que ocorre em todo aquele que anda verdadeiramente com Cristo. Norman Geisler define o planeta Terra como sendo uma caixa aberta na qual Deus pode intervir, portanto, milagres existem. Sendo assim, se milagres existem as impossibilidades são totalmente possíveis.

Entretanto, o mais interessante de se observar no que diz respeito às impossibilidades são as declarações que as pessoas fazem: “É impossível que não haja fome no mundo!” “É impossível que a violência acabe!” “É impossível que as pessoas se amem!” Veja que são possibilidades declaradas impossíveis. Certo, devo admitir que a transformação do homem é um milagre, portanto, é impossível realizá-lo sozinho (isto sim é um impossibilidade!), porém, o homem precisa simplesmente deixar a sua vontade dominar-se pelo amor, então todas estas aparentes impossibilidades se tornam possíveis. As pessoas gritam com o Céu culpando-o do silêncio sepulcral quanto ao mal na Terra, porém na verdade a mudança é uma atitude que deve vir do homem. Casos de impossíveis completamente possíveis.

Outro ponto a ser destacado é aquilo que C. S. Lewis denominou de ‘impossibilidade intrínseca’, a qual é tanto impossível para o homem como impossível para Deus. Quer um exemplo? Quantos quilômetros existem em uma hora? Qual a forma da cor vermelha? Quanto de maçã existe em um eucalipto? Estas são coisas impossíveis de se medir! Depois vem aquele energúmeno e diz: “Viu? Deus não é onipotente, afinal Ele não consegue fazer nada disto!” Sumidade burra! Por um acaso palavras aglutinadas de maneira que expressem nenhum sentido o passem a ter pelo simples fato de acrescentar a frase ‘Deus pode…’!? É claro que não! Isto nos faz concluir sem nenhuma sombra de dúvida que Paulo tinha razão ao denominar Jeová como “o Deus que não pode mentir” (Tito 1.2), pois afirmar que Deus pode mentir é ajuntar palavras que não fazem sentido algum; Deus, por essência (em parte no sentido aristotélico), é a verdade.

Com isto chegamos a um ponto que podemos afirmar que Deus é um onipotente sem poder. Entretanto, precisamos completar esta frase. Deus é um onipotente sem poder para realizar aquilo que é responsabilidade do homem realizar (apesar de poder fazê-lo Ele não o faz, pois concede o livre-arbítrio). Deus é um onipotente sem poder para realizar aquilo que é impossível em si mesmo. Mas é extremamente poderoso para realizar milagres em nossa vida, para tocar e solucionar aquilo que não tem solução. Curar pacientes terminais. Parar a rotação da Terra. Ressucitar mortos. Intervir na vida do homem quando este não pode fazer mais nada. Neste momento ficamos pasmos, os pêlos de nosso corpo se arrepiam, a expressão fica paralisada como se tivesse visto um ser espiritual, os músculos ficam relaxados, mas nos sentimos enrijecidos, então nos maravilhamos ante a impossibilidade tornada possível pelo poder que não podemos conhecer. Não me pergunte como posso entender pelo método científico os milagres, pois estes estão em uma abóbada superior à nossa inteligência. Todavia, por muito tempo não declarávamos piamente que a Terra se encerrava em um abismo de uma superfície plana? O simples fato de não poder compreender algo não significa que este não seja real. Não compreendo as mulheres, mas isto não às torna ilusórias. Um camponês não compreende a internet, entretanto, isto não significa que ela não exista.

As possibilidades estão ao meu alcance. As impossíbilidades intrínsecas nem mesmo Deus realiza. As minhas impossibilidades são milagres que Deus nos dá. “Isto é impossível aos homens, mas para Deus tudo é possível.” (Mateus 19.26).

 


Ações

Information

3 responses

13 09 2008
UbS

eae meu querido aki e o ulisses eu tinha em mente em fazer um website pra min e recebi um email seu com teu blog q por sinal curti muito e resolvi fazer um tambem ou seja copiei o esqma rsrs aparece la abracao que o Senhor lhe abencoe ricamente e volta para visitar-nos

23 09 2008
Mirian Costa

Excelente texto Guga! Gostei mto e do blog td tbm!!! =)

17 03 2010
Luciano

Isso soa estranho, pois já ouvi essa pregação na igreja, mas mais ou menos nos seguintes termos: “Deus não move uma folha, naquilo que você tem que fazer”.
Explico, por exemplo, Jesus falou: “tirem a pedra”, quando na verdade Ele mesmo poderia tirar.
Então tem coisas que são competência de Deus, e outras dos homens.
Vi inúmeros milagres, mas nunca os compreendi, pois oramos e Deus quem faz acontecer.

Graça e Paz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: